Como Ser Fiscal do ENEM 2020: Como se Inscrever? Requisitos

Intencionadas por uma renda extra, as pessoas têm procurado informações sobre como ser fiscal do ENEM 2020. Por conta da dimensão e complexidade do exame, são mais de 700 mil fiscais para atender todo o país. Saiba como ser fiscal do ENEM 2020 e inscreva-se na seletiva. Essa é uma boa oportunidade de receber um rendimento no fim de semana.

Como Ser Fiscal do ENEM 2020

Como Ser Fiscal do ENEM 2020

Prova do ENEM 2020

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é realizado em todo o país, seguindo a mesma organização de calendário. São cerca de 5 milhões de inscritos todos os anos.

A prova do ENEM 2020 é aplicada em escolas públicas e universidades públicas ou privadas. Nas cidades consideradas de grande centro, reunindo os jovens e adultos de diferentes localidades.

 

Devido a extensão do exame, que conta com 180 questões ao total, foi feita a divisão de dois dias de vestibular. No primeiro, são realizadas 90 questões e a redação. Na fase seguinte outras 90 perguntas são respondidas.

Como Ser Fiscal do ENEM

Em domingos consecutivos, no mês de outubro. Serão 5h30min para o primeiro dia e 5h no domingo seguinte. Os ficais e aplicadores devem chegar antes dos portões serem abertos.


Fiscal do ENEM 2020

O INEP é a instituição que organiza a aplicação do exame, desde o recebimento das inscrições até a distribuição de candidatos por unidade. Logo, também é sua responsabilidade intermediar a contratação de fiscal do ENEM 2020.

✓ Acompanhe os programas:

Os ficais são pessoas que ajudam na organização durante os dias de prova. Além dos fiscais, ainda existem funcionários públicos e professores que exercem o papel de aplicador, instruindo os candidatos sobre as regras do vestibular.

Diferente dos aplicadores, os ficais não devem falar de forma geral com os candidatos. Apenas em raras exceções, quando precisam dar algum tipo de recado. No restante, suas funções são:

  • Acompanhar os candidatos até o banheiro ou bebedouro;
  • Trazer o malote de provas;
  • Conferir nome e identificação dos candidatos antes de entrarem na sala;
  • Conferir os objetos trazidos pelos candidatos;
  • Informar ao aplicador horário e tempo restante de prova;
  • Retirar da sala candidatos desclassificados.

Requisitos para ser fiscal do ENEM 2020

As regras para fiscalização da prova são mais brandas comparadas ao que se pede ao aplicador. Para instruir sobre o funcionamento do Enem, entregar e receber os cartões de prova é preciso ser funcionário público ou professor.

Enquanto isso, os requisitos para ser fiscal do ENEM 2020 pedem:

  • Mais de 18 anos;
  • Ter formação mínima em ensino médio;
  • Não estar inscrito como participante do Enem;
  • Não ter cônjuges/companheiros ou parentes, em linha reta, colateral ou por afinidade de até terceiro grau, inscritos no Enem;
  • Não ter vínculo com as atividades do processo logístico de elaboração, impressão, distribuição e aplicação ou de observação da aplicação do Enem e nem com o processo de correção da redação.

Quanto ganha o fiscal do ENEM 2020?

O pagamento do fiscal é feito por dia trabalhado, quando se inscreve é necessário informar seus dados bancários. A contrante que realizou o cadastro, uma instituição que representa o INEP, é a responsável por realizar o pagamento.

✓ Veja o que há de novo nas inscrições:

Segundo dados dos anos anteriores, o pagamento do fiscal do ENEM 2020 fica em torno de:

  • Valor: R$150,00 por dia trabalhado.

Lembrando que são cerca de 6 a 8 horas de serviço por dia, com a abertura dos portões até o encerramento da prova.


Como se inscrever para fiscal do ENEM 2020?

Quanto as inscrições, os interessados devem procurar por diferentes instituições que realizam esse processo. Entidades credenciadas para contratar fiscais e aplicadores.

Todas as informações sobre como se inscrever para fiscal do ENEM 2020 são transmitidas por essas empresas. Para aplicadores e credenciadores, as inscrições são feitas no portal do INEP no mês de julho.

As fundações que abrem o processo seletivo para os cadastros são CESPE/UnB e Fundação CESGRANRIO. Pelo menos 40 dias antes da prova, os candidatos podem acessar o portal de cada uma delas para se candidatar.

O cadastro é totalmente gratuito, e durante o processo será preciso informar dados pessoais e escolher em qual município deseja trabalhar.

Adicionar Comentário